Diferença entre Microfones Dinâmicos e Condensadores! #2

Falar sobre microfone, não é tão fácil quanto parece!

Em alguns posts anteriores, falamos sobre a história desta invenção revolucionária, sobre seu criador Emile Berninder, Alexandre Graham Bell que aperfeiçoou a criação e a lançou fronteiras além.

Características gerais e a apresentação dos modelos com suas funções e ambientes específicos onde atuam, também foram destaques de nossa matéria passada.

Você pode conferir nosso post na íntegra, clicando aqui!

De início, é importante primeiramente entender que todos trabalham com características parecidas. Categoria de captação, resposta de frequência, sensibilidade e regulagem dos decibéis de acordo com particularidades. Porém são únicos nas necessidades onde estão presentes.

Assim, falaremos hoje dos dois mais famosos modelos deste universo tão vasto: 

DINÂMICOS E CONDENSADORES!

Dinâmicos

O Microfone que topa tudo! Versáteis e resistentes, captam pouca sonoridade externa.

Se comparados aos condensadores, em quesito captação, perdem um pouco a qualidade, porém o risco de microfonia neles é bem menor, pois não captam toda a sensibilidade.

Usado em palco por cantores suportam várias oscilações, pois o artista em sua performance, será uma hora mais suave e grave, outra mais aguda e até em alguns momentos gritará e brincará com o público.

Esse microfone é preferível pois se adapta a esses níveis de amplitude tranquilamente.

Não requerem muitos cuidados para manterem sua qualidade por um longo tempo.

Seu nível de saída é bom para conexão direta comparada às outras entradas de microfones.

Condensadores

Os frágeis e delicados! Necessitam inclusive de transporte adequado, recomendação do próprio manual do item.

Possuem resposta de frequência mais plana em relação aos Microfones Dinâmicos. Além disso, são claros e precisos durante uma gravação. A diferença de precisão na captação do áudio é nítida se colocados lado a lado.

O diferencial também está no funcionamento, os Condensadores precisam de um Phantom Power, uma tensão de alimentação contínua, já os dinâmicos são por sinal elétrico e bobina. O resultado disso tudo é um som com mais detalhes e bem mais limpo. Se o Phantom Power não for ligado, o Condensador não funcionará.

Estes são os Microfones Dinâmicos e Condensadores, primeiros modelos apresentados em nossos posts e que agora você os conhece. Fique ligado em nossas próximas publicações e conheça também outros modelos!

***Confira também os Microfones disponíveis em nossa Loja, clicando aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Diferença entre Microfones Dinâmicos e Condensadores! #2