Piano tem cordas? Como assim?

Apesar de ser tocado por meio de teclas, o piano é considerado um instrumento de cordas.

Não se assuste, nós vamos te explicar! Pode parecer estranho, mas é verdade que o piano é considerado um instrumento de cordas. Neste momento, você deve estar se perguntando “como assim se ele é feito de teclas?” A resposta é que ele não é totalmente feito de teclas – apesar de elas serem importantes para a produção do som.

Interno de um piano.No interno de um piano existem cordas esticadas e presas a outra estrutura, que são as verdadeiras responsáveis pelo som que é produzido. Quando o instrumento é tocado pelas teclas, elas apenas fazem o papel de comandar os martelos (ou batentes) que efetivamente tocam nas cordas e produzem o som.

São muitos os modelos existentes no mercado, mas, a média de cordas necessárias para o instrumento costuma ser em torno de 230 cordas. Além disso, a pressão que é exercida sobre elas pode chegar a 30 toneladas.

História do piano

Alguns registros marcam 1698, outros 1711, mas, o que sabemos é que o piano já possui mais de 300 anos de existência. Suas características principais são as possibilidades de emitir sons com diferentes intensidades, fracos e fortes. Inclusive, é por isso que era inicialmente chamado de “pianoforte”. Porém, o sufixo foi deixado de lado popularmente.

Também marcado por seu tamanho e peso, atualmente, eles podem chegar a ter até três metros de comprimento e a pesar até meia tonelada. São considerados ótimos instrumentos para composição, afinal, possibilita diversos acompanhamentos que podem ser produzidos com as duas mãos.

Na realidade, o piano é bastante versátil, já que pode ser usado para solos, para acompanhamentos e para composições. Não é a toa que ele é um dos instrumentos mais conhecidos do mundo.

Pedal de um piano.

Pedais de piano

Se não bastasse descobrir que o piano é um instrumento de corda, saiba também que ele costuma ter dois ou três pedais. O pedal da direita, permitindo que o som seja prolongado, o pedal da esquerda, faz com que o martelo atinja somente duas cordas e deixe o som mais suave, e o pedal central, que faz vibrar apenas as notas das teclas que estão pressionadas na hora em que os pedais são acionados.

No que o piano se distingue dos teclados?

Além da distinção de que possuem cordas, o teclado conta com efeitos e timbres variáveis, mas está longe da sensibilidade que as teclas de um piano permite.

Acesse este link para encontrar pianos e este outro para encontrar teclados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Piano tem cordas? Como assim?