Squier é Fender?!

Squier foi fundada por um jovem fazendeiro e fabricante de sapatos chamado Jerome Bonaparte “JB” Squiner em 1881. JB aprendeu a construir e conservar violinos e passou todo seu conhecimento para seu filho Victor Carroll (V.C) Squier que seguiu junto nesse ramo. 

C.V Squier
   Victor Carroll “V.C.” Squier.

Até hoje, seus violinos são reconhecidos pelo acabamento excepcional e estão entre os violinos mais caros e tradicionais dos primeiros fabricados nos EUA. De fato, J.B. Squier está entre os melhores fabricantes de violinos dos EUA e é reconhecido como “O Stradivarius Americano”.

Nos anos 30, Squier passou a fabricar cordas para os novos instrumentos elétricos da época e o nome Fender cruzou o caminho de Squier nos anos 50, quando Squier passou a fornecer cordas para o inventor Leo Fender utilizar em suas modernas e diferentes guitarras elétricas. Em 1963, a Squier se tornou um fabricante de equipamentos oficiais para a Fender, sendo vendida para a famosa marca de guitarras em 1965, um pouco antes da CBS comprar a própria Fender. No meio dos anos 70, o nome Squier foi aposentado e as cordas passaram a utilizar o nome Fender.

A Squier é Fender – utilizando a mesma plataforma de produtos, marcas, padrões e ícones. A Squier é a marca ideal para quem procura um instrumento de qualidade e com toda a confiabilidade Fender a um preço mais competitivo, seja músico profissional ou quem toca apenas por hobby.

Esse é um breve resumo de como surgiu a marca Squier e como ela passou a ser Fender. Caso tenha se interessado pela historia e deseja saber mais, no site da Fender a baixo, contem a história com mais detalhes!

http://www.squier.com.br/index.php?link=historia

squier-logo

Um comentário em “Squier é Fender?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Squier é Fender?!