Baterias Recarregáveis: Os modelos e suas diferenças

A cada dia que passa o número de aparelhos eletrônicos portáteis só aumenta, aliás eles já fazem parte das nossas vidas há muito tempo. Então, nada mais justo do que ter informações sobre aquilo que os alimentam: suas baterias recarregáveis.

Telefones sem fio, celulares e notebooks estão mais acessíveis a cada dia, e ainda outros eletrônicos acostumados com as alcalinas, estão entrando no campo das baterias recarregáveis. E tudo isto, forçou uma certa evolução nas baterias ao longo dos anos.

A Mundomax se propôs hoje a expor algumas das informações importantes sobre as Baterias Recarregáveis, vamos analisar as vantagens e limitações de cada tipo de bateria.

Basicamente existem 3 tipos de bateria no mercado: baterias de níquel-cádimo, baterias de hidreto metálico de níquel e, por fim, as baterias de íon-lítio. Bom, vamos às diferenças:

Baterias de níquel-cádmio (NiCd)

O início de tudo. As NiCd foram o primeiro tipo de bateria a suportar uma nova carga, o que gerou um significativo avanço neste ramo. Nas baterias NiCd os pólos negativos e positivo encontram-se no mesmo recipiente, sendo o pólo positivo coberto por hidróxido de níquel e o negativo por cádmio.

Apesar do seu baixo custo, elas estão quase fora do mercado, e existem três fatores para isso:

1- A toxicidade dos materiais utilizados na sua fabricação (cádmio) que podem causar danos ao meio ambiente e à saúde humana.

2- Possuem uma vida útil relativamente curta.

3- Estas baterias sofrem com o chamado “efeito memória” (explicado abaixo), ou seja, a bateria deixa de ser carregada por completo, mesmo o seu marcador indicando o contrário (vício). Isso se deve principalmente ao ato de recarregar a bateria com ela não totalmente descarregada.

Baterias de hidreto metálico de níquel (Ni-MH)

Apesar do funcionamento semelhante ao das baterias de NiCd, as baterias de NiMH são feitas de material não poluente. As baterias de Ni-MH empregam hidrogênio na forma de hidreto metálico ao invés de cádmio em seu eletrodo negativo.

Inicialmente, elas também eram vulneráveis ao “efeito-memória”. Porém, os equipamentos novos, com Baterias de Ni-MH são mais resistentes a este problema. O que aconteceu foi uma evolução na tecnologia empregada nas baterias de Ni-MH, principalmente para telefones sem fio.

Outras diferenças, como maior carga e mais tempo de uso em mesmas condições, também são presentes nestas baterias. Isso se deve ao fato do hidreto metálico ser mais denso que o cádmio, permitindo assim uma maior presença de níquel no eletrodo positivo da bateria.

Baterias de íon-lítio (Li-Ion)

O mais recente dos tipos de bateria de celular citados, possui inúmeras vantagens sobre os outros tipos de bateria. Podem armazenar muito mais energia, propiciando tempo de uso maior sem necessidade de recarga, além de serem mais leves. Atualmente, a maioria dos celulares, câmeras digitais e notebooks já vêm equipados com esse tipo de bateria.

O mais legal da bateria íon-lítio e que elas também não são afetadas pelo “efeito-memória”. Ou seja, você pode recarregá-las a hora que der na telha, elas não viciam.

Não-tóxicas e com capacidade de carga duas vezes maior que as de Ni-MH e três vezes maior que as de NiCd, as Baterias de íon-lítio também são mais leves, afinal o lítio é um dos metais mais leves já conhecidos.

Popularmente chamado de Bateria viciada. Alías, todo mundo já pensou nisso quando foi colocar o celular para recarregar sem ter descarregado completamente a bateria. E é exatamente por isso que o “Efeito Memória” acontece, devido ao mau uso do equipamento. Porém, isto não acontece mais nas novas Baterias de íon-lítio.

Então se você tem um telefone sem fio, celular, câmera ou qualquer eletrônico portátil, fabricado nos últimos 2 anos, a bateria provavelmente será de Íon-Lítio ou das novas Ni-MH. Mas se você não sabe de que tipo é a sua bateria, verifique na própria bateria ou então no manual do aparelho.

O“Efeito Memória” ou do vício da bateria pode ser notado quando o marcador de bateria indica carga cheia e “de repente” ele está quase vazio e seu aparelho indica bateria fraca.

A dica que fica da Mundomax é que na hora da compra de algum equipamento portátil que se use de bateria recarregável, você não fique atento apenas a marca e ao modelo do aparelho, mas também ao modelo da bateria.

Para Telefones sem Fio a bateria de Ni-MH é totalmente adequada e usual. Porém para a maioria dos outros aparelhos portáteis concluímos que o melhor tipo de bateria é a de íons de lítio. E como a maioria dos aparelhos celulares e notebooks de hoje em dia estão saindo com esse tipo de bateria, não há muito com o que se preocupar, porém, vale a pena sempre dar uma conferida!

2 comentários em “Baterias Recarregáveis: Os modelos e suas diferenças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Baterias Recarregáveis: Os modelos e suas diferenças