Mulheres na guitarra: representatividade mundial

Elas dominam a música em todos os instrumentos e estilos

Na metade do século XX, inúmeros guitarristas tinham a atenção de milhares de fãs de todos os lugares devido ao seu estilo despojado e músicas que marcaram uma geração. Grandes nomes como Chuck Berry (da inesquecível música Johnny B. Goode) e Elvis Presley, conhecido como “o rei do rock”, foram altamente populares nessa época onde o estilo predominava em todos os lugares, como festas, bares, rádios, etc.

O que muita gente não sabe é que Elvis e Chuck foram somente alguns dos muitos artistas influenciados pela guitarrista Sister Rosetta Tharpe, uma das primeiras mulheres a inserir distorção na guitarra. Mesclando o estilo gospel acompanhado de ritmos como country e blues, a “irmã” compunha músicas autorais e também soltava a voz, sendo considerada por muitos a pioneira do rock n’ roll.

Sister Rosetta Tharpe

Nos dias atuais, muitas mulheres incríveis seguem o legado de Rosetta, principalmente no Brasil. É sobre algumas delas que falaremos hoje aqui no Blogmax. Portanto, acompanhe a matéria e veja quais você reconhece!

LARI BASILIO

Lari Basilio – By Guitarload

Nascida em São Paulo/SP, Lari Basilio é parte de uma família de músicos. Inspirada nas composições de seu pai e, com a ajuda dele, decidiu que aprenderia a tocar guitarra, se dedicando cada vez mais ao instrumento. Andy Timmons foi uma de suas maiores influências e, nas palavras dela, “a primeira vez que escutei ele tocar foi marcante e me fez querer tocar mais e mais”. Posteriormente, Timmons se referiu à música de Lari como “cheia de alma e melódica”.

Lari Basilio já tocou ao lado de grandes nomes da guitarra, como Steve Vai (ao vivo no Malibu Guitar Festival, 2017) e Joe Satriani, que participou da música Glimpse of Light, de seu último CD “Far More”. Vale a pena conferir!

Lari e Steve no Malibu Guitar Festival
Joe Satriani colabora com um solo na música do CD Far More, de Lari Basilio

TATIANA PARÁ

Tatiana Pará

Com mais de 20 anos de experiência nos palcos, Tatiana Pará se destaca como uma das maiores expressões do Blues do Brasil. Lançou seu primeiro álbum solo “My Moods” em 2016, que conta com a participação especial do guitarrista Scott Henderson na faixa “My Dear Friend”. Atualmente Tati faz shows com seu projeto solo e com as bandas Suck My Magik (Red Hot Chili Peppers Cover) e Nina Pará Project, além de participações especiais em vários projetos.

De 2007 a 2018 foi colaboradora da Revista Guitar Player com uma coluna mensal sobre Blues. Na parte didática, Tati leciona e realiza Workshops e Masterclasses pelo Brasil. Ouça “My Dear Friend”, de seu álbum “My Moods” ao vivo no Sesc Belenzinho em 2017:

Tatiana Pará – My Dear Friend

JULIANA VIEIRA

Juliana Vieira – By Santo Angelo

Nascida em 1994, Juliana Vieira começou a fazer aulas de violão aos 14 anos, influenciada por seu tio Luiz Rimi. Aos 17, já sabia tocar guitarra e iniciou seu canal no YouTube, que hoje tem mais de 300 mil inscritos.

Seu primeiro vídeo oficial para uma marca foi aos 17 anos: “Juliana Vieira e BOSS ME-70”. O review feito para o canal da BOSS Brasil bateu recordes com mais de 840 mil visualizações. Desde então, a guitarrista vem usando suas redes sociais para se aproximar cada vez mais dos amantes da música. Além disso, Juliana já trabalhou com vários artistas, como Wanessa Camargo, Laura Pausini, Paulo Miklos, entre outros.

Boss ME-80 Juliana Vieira

LETICIA FILIZZOLA

A mineira Leticia Filizzola vem conquistando espaço no mundo da música e nas redes sociais com seu estilo único. Seu canal do YouTube ultrapassa 30 mil inscritos com mais de 2 milhões de visualizações, com vídeos sobre técnicas de guitarra, além de diversos covers dos mais variados músicos.

Leticia possui também várias músicas autorais, como “Light House” (no violão) e “Calmaria“, com algumas técnicas também utilizadas por Mateus Asato:

Calmaria – Letícia Filizzola

Seja na guitarra, no violão ou em qualquer outro instrumento, é fato que as mulheres têm conquistado um espaço importantíssimo no meio musical, tanto no Brasil quanto no mundo inteiro. E você, tem alguma “musa inspiradora” que lhe incentivou a aprender música? Conta pra gente nos comentários!

Iron Maidens, a banda cover oficial do Iron Maiden formada apenas por mulheres

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sister_Rosetta_Tharpe 

https://www.laribasilio.com/bio-portugues

https://guitarload.com.br/2017/05/22/assista-steve-vai-e-lari-basilio-tocando-juntos-em-festival/

https://www.tatianapara.com

https://pedaiseefeitos.com/entrevista/na-pratica-tatiana-para/

http://blog.santoangelo.com.br/juliana-vieira-um-talento-reconhecido-nas-redes-sociais/

https://www.roland.com/br/artistas/guitarra-baixo/Juliana-Vieira/

https://www.facebook.com/pg/JulianaVieiraOficial/about/?ref=page_internal

https://www.facebook.com/leticia.filizzola

https://www.youtube.com/user/leticiafilizzola/about
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Mulheres na guitarra: representatividade mundial