Quem inventou o Rock ‘n’ Roll?


Com toda certeza você conhece ou já deve ter ouvido falar sobre esse estilo musical. E junto com ele alguns nomes estão cravados na história como verdadeiros rockstars.

Declaradamente um tanto badalado, controverso, irreverente, romântico, poético, crítico, político, místico ou religioso. 

Dentre tantas facetas, e desde o seu surgimento até os dias atuais, já galgou momentos de êxtase com hits nos tops das paradas de sucesso, ou épicos e revolucionários riffs em suas cadências marcantes. Ícones e nomes que perduram por gerações. Podemos afirmar que é uma cultura a ser passada de pai para filho. Contudo, podemos afirmar com toda certeza que não, o Rock não morreu!


Índice


Origem do Rock ‘n’ Roll

O Rock tem sua origem nos Estados Unidos, com datas que  se aproximam do final da década de 40, mas foi nos anos 50 que ganhou maior notoriedade e evidência midiática.

 A mistura de ritmos já conhecidos,  contrapondo uma sociedade de valores conturbados pela segregação, embalados por problemas sociais e raciais, carregou consigo o protesto político e a contestação cultural através das expressões em letras e melodias. 

Podemos  considerá-lo como um estilo musical relativamente recente, já que o mais antigo fragmento de uma notação musical é uma tábua de argila suméria com cerca de 4 mil anos.

Cadastre seu email para receber novidades!

Influências do Rock ‘n’ Roll

Enfatizando o fator musical, o rock originou-se de uma incomum mistura que até então nunca se havia percebido na música mundial: o universo negro uniu-se ao universo branco através da fusão.

Tais como a música gospel, Jazz, blues, R & B, folk e country. A partir daí, essa mistura, muito bem recheada e distribuída em dosagens  diversificadas, serviu de pontapé inicial para a origem de diversos subgêneros aos quais  conhecemos hoje.

Com o surgimento desse estilo musical, viu-se o desenvolvimento em conjunto de marcas e estilos que também influenciaram a moda, o comércio e o desenvolvimento cultural da sociedade. Por isso, podemos notar o importância do estilo para a construção da sociedade que conhecemos hoje.

Personalidades

Elvis Presley o Rei do Rock n Roll

Vários nomes estão escalados nesse time de peso, personalidades que iniciaram esta escola.

Conhecido como Rei do Rock, Elvis Presley encantou e levou multidões a loucura com seu talento.

Conhecido como Elvis da Pélvis, pois sua irreverente dança remexendo os quadris o levou a este reconhecimento.


Reconhecimento

Dentre tantas estrelas, podemos destacar como precursoras do estilo, Sister Rosetta Tharpe, que mesmo diante de tabus raciais de um país  segregacionista que eram os Estados Unidos nos anos 50, estabeleceu o que hoje lhe confere o título de Mãe do Rock ‘n’ Roll.
Sister Rosetta Tharpe foi  a primeira mulher negra a conseguir colocar uma música gospel no Billboard no final dos anos 40.

Outra personalidade que tem seu posto garantido pela expressividade de sua contribuição para a música é o talentoso Chuck Berry.


Como era o Rock ‘n’ Roll?

Como era o rock n roll no inicio

Como sua origem é advinda do blues e do country ,entre outros ritmos, suas melodias seguem um padrão muito semelhante.

Entrelaçando fatos corriqueiros do cotidiano a temas como religião e propositais paralelos de flerte com política e indagações à sociedade, as composições da época eram enérgicas e cheias de sentimento.

Fato que mudou bastante com o passar do tempo, por ser um dotado de toda rebeldia e extrema necessidade de liberdade para poder ser e sentir o que seria sua essência rock ‘n’ roll. Essa condição levou ao que ficou conhecido como “atitude rock ‘n’ roll”, as letras passaram a conter mais conteúdo sobre violência e sexo. 

Para muitos sinônimo de liberdade, porque diante as repressões da sociedade e pela perseguição politica, até mesmo militar sofridos na época, revelaram ou rebelaram o sentimento de revolta em busca de libertação.
Para outros tido como promiscuidade, o que não deixou de elevar sua musicalidade.

Primeiros nomes e bandas

A origem do rock n roll

Alguns dos nomes que se destacaram nos primórdios da ascensão do estilo:

Jackie Brenston, Jerry Lee Lewis, Johnny Cash, Jimmy Preston, Little Richard, Bill Haley.

Características Instrumentais do Rock ‘n’ Roll

Inicialmente sua semelhança era com os estilos como blues e country,  pois utilizava dos mesmo instrumentos mais comuns na época, tais como bateria, contrabaixo, violão e guitarra.

Com o passar do tempo, toda a irreverência e ousadia começaram a levar, principalmente as guitarras, em direção ao que conhecemos atualmente.

Como as guitarras começaram a se destacar, havia a necessidade de dar mais volume ao instrumento, e seus amplificadores, até então, somente com som limpo não suportavam todo o aumento de ganho que recebia e começava a distorcer, saturar o som.

Com esse aumento significativo no ganho de um instrumento elétrico acaba gerando a distorção do som, o resultado obtido é o conhecido som de “rosnar” emitidos através dos amplificadores. Essa explicação é a mais simplificada possível, pois por trás dos pedais que conhecemos hoje, existe toda uma explicação científica para o funcionamento. Os efeitos mais conhecidos e utilizados são: overdrive, fuzz e distorção.

Várias foram as tentativas de obter esse efeito, desde os primeiros amplificadores valvulado até a invenção dos transistores, e assim chegamos a criação do processamento de efeitos digitais.

Durante este período, para conseguir gerar o som que faz as guitarras tão diferenciadas neste estilo, aconteceram desde acidentes com amplificadores a propositais estragos nos auto-falantes. Estas tentativas nos renderam grandes  experiências musicais, como as linhas de guitarra da música “Don’t Worry” de Martin Robins e gravadas pelo guitarrista Grady Martin.

Mesmo que atualmente possamos considerar que sejam comuns, reproduzir este tipo de efeito não era tão fácil antigamente.

Com o aprimoramento eletrônico novos timbres foram surgindo e novos estilos foram sendo incorporados ao nosso rock ‘n’ roll.

Vertentes do Rock ‘n’ Roll

Rockstars - Rock n Roll

Após ganhar notoriedade e os palcos do mundo, novas vertentes começaram a surgir, dotados de característica e da própria personalidade  de seus integrantes, alguns tão marcantes que acabavam influenciando tanto o mercado fonográfico quanto a televisão e a moda.

Atualmente os estilos ainda continuam a render novas nomenclaturas e subcategorias. Porém, nada que nos faça esquecer o nosso bom e velho Rock ‘n’ Roll.

A seguir temos uma lista das vertentes mais conhecidas.

  • Rock Clássico
  • Hard Rock
  • Heavy metal
  • Indie Rock
  • Glam Rock
  • Punk Rock
  • Grunge
  • Rock Progressivo
  • Country Rock

Ícones do Rock

Alguns nomes estão cravados na história como verdadeiros rockstars, com grande destaque para sua época, tais como: Elvis Presley, The Doors, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Pink Floyd, The Beatles e Rolling Stones, porque fizeram um gigantes e explosivo sucesso, arrastando uma legião fãs no mundo todo.

Das mais diversas variações, o mundo está cercado de lendas que gravaram seu nome no Hall da fama do rock.
Bandas como Ramones, Kiss, AC/DC, Queen, Black Sabbath, Deep Purple, Aerosmith, Scorpions Eagles, Rush, The Clash, The Police, Metallica.

O Rock ‘n’ Roll no Brasil

Rock n roll no Brasil

Na cena nacional, Celly Campello é tida como uma das precursoras do estilo. Ainda nos seus primórdios, caracterizado por um som mais limpo e com letras inocentes.

O Rock brasileiro também teve grande influência das bandas de rock, até então, denominadas gringas, essas influências foram mais marcantes nas décadas posteriores com o surgimento do movimento da velha guarda, e com o decorrer dos anos muitas outras bandas surgiram e ganharam audiência.

Destaque para nomes como, por exemplo Eduardo Araújo, Erasmo Carlos, Roberto Carlos, Rita Lee e o rockeiro mais consagrado de todos os tempos “Raul Seixas”.

Tivemos espaço para bandas como Barão Vermelho, Cazuza, Legião Urbana, Capital Inicial, Titãs, Jota Quest, CPM22, Fresno. Um time considerável  e gigantesco, porque se tratando do conteúdo que eles produziram e deixaram registrados exclusivamente para nosso deleite. Alguns nomes ganham ainda mais notoriedade, estão marcados na história como verdadeiros rockstars brasileiros. Podemos, em alguns minutos de busca no google, dispor de uma extensa lista de informações, influências, históricas entre outras coisas sobre bandas nacionais.

Ainda decorrente destas influências e evoluções, novas bandas apareceram e se destacaram e a evolução dos estilos também estiveram marcando nosso território, e expandindo nosso som aos demais continentes.

Os nomes a seguir receberam prestígio além das terras tupiniquins,  bandas nacionais que obtiveram reconhecimento internacional:

 Os Mutantes, Sepultura, Angra, Sarcófago, Krisiun, Shaman, Almah, Viper.


Viva o Rock!

Famosos do Rock n Roll

Não importa se é raiz ou nutella, antigo ou novo, tranquilo ou pesado ao extremo. Nossas vidas também se movimentam em sentir cada acorde, cada melodia, cada peso, cada mordida, cada pancada e cada mosh. Seguimos sempre com a certeza que alguns nomes sempre estarão em nossa memória e na história como verdadeiros rockstars.

Viver e poder ouvir esse estilo musical poderoso é motivo para agradecer nossa existência.

Se você é um adepto do estilo, ou quer tornar-se um roqueiro de verdade, mas ainda não tem seu instrumento, ou está procurando boas referências onde comprar seu Instrumento Musical. A Loja Mundomax tem tudo que você precisa para começar.
Você pode conhecer nossos departamentos clicando no botão a seguir.

Conheça mais dos nossos artigos, fizemos uma matéria muito interessante sobre Periféricos Gamer. Corre lá!

Nossa equipe sempre estará pronta para melhor atendê-los.

E vamos ficando por aqui.
Esperamos que tenham gostado de mais uma de nossas matérias, em breve teremos mais conteúdo quentinho aqui no nosso blog..

Grande abraço e até a próxima.

Tchau!


Referências: 

GUIMARÃES ,Felipe Flávio Fonseca. Do surgimento do rock à sua difusão pelo mundo [manuscrito] : a apropriação do rock no Brasil através das versões de meados da década de 1950 a meados da década de 1960 / Felipe Flávio Fonseca Guimarães. – 2013.  101 f. : il.  Disponível em: https://www.posgraduacao.unimontes.br/uploads/sites/20/2019/05/9-Felipe-Fl%C3%A1vio-Fonseca-Guimar%C3%A3es.pdf

Acesso em: julho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Quem inventou o Rock ‘n’ Roll?