As 5 fases da música sertaneja

Falaaa pessoal! Tudo bem com vocês?

Aqui é o Max, o astronauta musical da Mundomax, e nesse dia tão especial, o dia do sertanejo, estou aqui para te contar todas as versões que ele possui, desde seu surgimento até os ritmos mais atuais.

Dá uma olhada nessa história…

 

Sertanejo Raiz

A música sertaneja teve origem nos anos de 1910 por meio do escritor e jornalista Cornélio Pires, sendo o responsável pela disseminação dos costumes caipiras para as grandes cidades, no qual gravou os primeiros discos com canções campeiras de sucesso da época. As letras do sertanejo retratavam a vida do homem no campo, o cotidiano e a paisagem.

 

Fase de transição

Essa fase teve início nos anos 1980 a partir da introdução da guitarra elétrica e o modelo da época era a Jovem Guarda. As primeiras canções tinham melodia de temática rancheira. O grande destaque dessa época foi a dupla Chitãozinho e Xororó, que se inspiraram em músicos de outros estilos como Roberto Carlos e os Beatles, no qual, misturaram a música sertaneja com outros estilos e instrumentos (guitarra, bateria…).

Já nas décadas de 1990 e 2000 as canções passaram a ter uma temática bem mais romântica e com questões amorosas mal resolvidas. Possuíam ritmo de balada sentimental, inspiração urbana e a influência do rock.

As duplas Leandro e Leonardo, Zezé de Camargo e Luciano e Roberta Miranda fizeram parte do sucesso sertanejo dessa época.

 

Sertanejo Universitário

Estilo que ganhou força em 2010 e leva esse nome referente a uma fase do forró. As músicas costumam ser românticas, mas o que predomina são as letras sobre ostentação, festas e curtição. Possuem influência da música eletrônica, do forró e até mesmo do funk com destaque na sanfona. Dentre os protagonistas dessa fase estão as duplas, João Bosco e Vinicius, João Neto e Frederico, César Menotti e Fabiano e no solo estão os cantores como Luan Santana, Michel Teló e Gustavo Lima.

 

Feminejo

O mais novo estilo, leva esse nome por conta da ascensão das mulheres no sertanejo, com canções feitas para outras mulheres, no qual elas são as próprias protagonistas, por meio de letras que remetem traição, machismo e violência doméstica, mas também sobre a importância do empoderamento feminino, amor próprio e sororidade.

Este ritmo mistura o sertanejo com o pop, o funk e o eletrônico. E causa identificação com o público, tomando cada vez mais espaço no meio da música.

As maiores responsáveis por essa nova fase são Marília Mendonça, Maiara e Maraisa, Naiara Azevedo e Simone e Simaria. O sucesso “Esqueça-me se for capaz” de Marília Mendonça e Maiara E Maraisa ocupa a 9° posição de músicas mais tocadas no Brasil (maio – 2022)

 

Gostou do que eu trouxe para você hoje? Tenho várias outras informações desse planeta, então fica esperto que logo, logo eu volto com mais curiosidades como essa para você! 

Quer saber o que fazer quando seu violão empena? Leia também em nosso blog: Meu violão empenou.. o que eu faço?

 

A estes artistas, desejamos muito sucesso!

FELIZ DIA DO SERTANEJO!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
As 5 fases da música sertaneja