Como surgiu a primeira Bateria Eletrônica?

Para quem não sabe uma bateria eletrônica ou bateria elétrica é um sintetizador que simula uma bateria acústica. Os pads são discos com uma superfície de borracha ou tecido que simulam os tambores de uma bateria. Cada pad possui um ou mais sensores que geram sinais elétricos quando percutidos. O sinal elétrico é transmitido através de cabos até um módulo eletrônico, que produz o som associado ao pad em questão. Saiba como a bateria eletrônica foi criada, quando, e por quem!

  • História da Bateria eletrônica
bateriaantiga
Uma bateria eletrônica Simmons SDS-5 (1979)

Diz-se que a primeira bateria eletrônica foi criada por Graeme Edge, baterista da banda The Moody Blues, com a a ajuda do professor Brian Groves da Universidade de Sussex. O dispositivo foi usado na música ‘Procession’, do álbum ‘Every Good Boy Deserves Favor’ de 1971.

Graeme entrou em contato com o professor de eletrônica Brian Groves da Universidade de Susses, que havia desenvolvido uma bateria eletrônica, uma ideia brilhante que chamou muito a atenção de Graeme que então passou a utilizar.

Graeme Edge disse em uma entrevista: “A bateria eletrônica por dentro parecia algo como espaguete. Enquanto funcionou, foi excelente, mas foi antes dos dias de hoje, porque ele era tão sensível…”

A primeira bateria eletrônica comercial foi a Syndrum Pollard, criada pela Pollard Industries em 1976. Ela era formada por um módulo eletrônico e um ou mais tambores. Ela rapidamente chamou a atenção de muitos bateristas famosos como Carmine Appice e Terry Bozzio. Mas o Syndrum foi um fracasso financeiro e levou a empresa à ruína em poucos anos.

Em 1978, a empresa Simmons foi criada para produzir baterias eletrônicas comerciais. Seu produto mais notável foi a SDS-5, lançada em 1981. Os instrumentos chamaram a atenção de muitos bateristas importantes do rock. Houve muitos elogios, mas também muitas criticas. Apesar das críticas, o som ‘dzzshhh’ característico da Simmons foi amplamente utilizado na década de 1980 por grupos de rock como Duran Duran e Rush entre outros.

Nos anos seguintes, outras empresas começaram a vender suas versões de bateria eletrônica, notadamente a Roland e a Yamaha. Naquela época, a bateria eletrônica era semelhante aos atuais modelos básicos. Elas eram formadas por pads revestidos de borracha. Os pads eram sensíveis à velocidade e o som era gerado através de sampling.

As baterias eletrônicas mais recentes resolveram muitas das deficiências dos primeiros modelos. Embora a maioria dos fabricantes possua modelos básicos de bateria eletrônica, os modelos profissionais são desenvolvidos para proporcionar som e tocabilidade quase indistinguíveis de uma bateria acústica de qualidade. Os modelos da marca Yamaha DTX522K e da marca Roland TD-25k são mais avançados, e mais procurados por profissionais, mas para quem procura uma betaria eletrônica para iniciantes a DTX400K é uma boa para iniciar seus caminhos.

  • Bateria Eletrônica DTX400K

A Bateria Eletrônica DTX400K se torna uma ótima opção para quem procura mobilidade, sonoridade, e custo beneficio. Ela possui uma quantidade de recursos, e uma bela qualidade sonora, no modulo DTX400K. Vem com 10 kits pré configurados de fábrica, e o diferencial é que todos os sons de bateria dela são gravados das baterias acústicas da Yamaha, sendo os modelos mais top de linha. Contem 10 funções de treino, para que possa ter um bom aprendizado, e um Metrônomo altamente editável, obtendo 10 músicas de acompanhamento, com estilos diferentes, Contem 10 funções de treino, para que possa ter um bom aprendizado, e um Metrônomo altamente evitável, obtendo 10 músicas de acompanhamento, com estilos diferentes, assim você pode configurar qualquer um dos 169 sons de bateria para criar um kit customizado que combina com seu estilo mesmo se você esta sempre mudando o seu estilo. Você tem uma variedade de opções, com 23 sons de caixa, 21 sons de bumbo, 36 sons de tom, 31 sons de prato e 42 sons de percussão. Obtém um modulo de entrada para bateria eletrônicas da Yamaha, ele possui alguns dos kits utilizados em modulos profissionais da serie DTX Yamaha como: Maple Custom, OAK Custom, Beech Custom.

Com 10 exercícios incluindo aquecimento, Groove Tools e “jogos” para praticar na bateria, seu aprendizado se torna mais eficiente e divertido. Atingindo experiência, você pode expandi-la, para acompanhar sua evolução, adquirindo outros itens. Além de tudo você pode conectar a bateria com computador, através do cabo USB-MIDI para controlar sons de bateria VSTi e utilizar software de gravações como o Cubase. Você também pode importar novas músicas e batidas para utilizar nas funções de treino com o Musicsoft Downloader.

A baixo um video demonstrando as características que contém no modelo DTX400K.

Se interessou por esta bela bateria eletrônica? Compre aqui: http://goo.gl/CaUdJC

Encontre outros modelos de bateria aqui: http://goo.gl/6wEm27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Como surgiu a primeira Bateria Eletrônica?