Flauta Doce e Flauta Transversal: Qual a diferença?

A flauta é um dos instrumentos musicais mais antigos da história, e mesmo assim continua em alta, principalmente quando se trata de orquestras. Com um som melodioso, de timbre suave e doce, a flauta continua com força na música.

É possível encontrar a flauta em diversos estilos de músicas. Já se foi o tempo em que instrumentos clássicos, como a flauta ou um sax, só apareciam em composições clássicas como orquestras. Hoje é totalmente possível encontrá-los em estilos bem diferentes dos clássicos.

Existem vários tipos de flautas: a flauta doce, a flauta transversal, flauta alto, flauta soprano, flauta baixo, flautim e outros tipos. Hoje nós da Mundomax vamos nos ater a dois tipos de flautas, a transversal e a doce, digamos assim: as mais populares.

Basicamente a diferença é a entre a flauta transversal e a flauta doce, é que a flauta doce é uma flauta de bico, ou seja, sopra-se o ar pela ponta do instrumento. Já a flauta transversal é um tipo de flauta que se sopra o ar pela lateral do instrumento. É fácil identificar, na flauta transversal, o instrumentista a segura para o lado, em vez de apontá-la para a frente, como acontece com a flauta Doce.

Flauta Doce

A flauta doce foi o instrumento musical mais popular na Idade Média. Durante o século XVII, a flauta doce foi mais usada como instrumento solo. Antes era composta de uma ou duas partes, neste século ela já era formada por três partes. A flauta doce é um instrumento de sopro direto, onde o som é produzido por um bocal contendo um apito, e um tubo cônico ou cilíndrico contendo diversos furos.

Sua feição permitia produzir som com mais intensidade e com mais possibilidade de expressão. Muitas dessas formas ainda existem nos dias de hoje em condições de uso. Assim como qualquer outro modelo, a flauta doce possui um som melodioso, com um belo timbre.

O modelo de flauta doce é o modelo de flauta mais simples. Consiste em um tubo, com buracos para sete dedos e um buraco para o dedo polegar que serve como abertura de oitava. No seu geral, a flauta doce é composta por uma embocadura, um bico, corpo, pé, janela, junta ou nó e a cabeça do instrumento.

A flauta doce é a mais popular de todas as flautas, com um modelo mais simples. Sendo assim, seria um ótimo tipo de flauta para se iniciar um curso. Escolha uma flauta doce de boa qualidade para melhor aproveitamento musical.

Flauta Transversal

A flauta transversal como a conhecemos hoje, data de 1871, a partir de um aperfeiçoamento feito pelo flautista e pesquisador de instrumentos Theobald Boehm. A flauta transversal é em sua grande maioria fabricada em metal, apesar de sua origem ser de madeira. Aliás, muitas orquestras e instrumentistas preferem ainda as originais por sua sonoridade.

Atenção! Uma Flauta Transversal é cheia de pequenas peças, se você tem uma ou pretende ter, lembre-se: a limpeza e manutenção das peças devem estar sempre em dia, ou o som da sua flauta vai definhando com o tempo.

Os elementos diferenciais da flauta transversal são as chaves e os pratos que fazem parte de seu corpo. A flauta transversal é de um modelo mais “avançado” que a flauta doce. Isso não impede que ela seja escolhida para se iniciar um curso de flauta.

A flauta transversal é um modelo bastante popular no mundo musical.

E como já dissemos: na hora de escolher o seu modelo e a sua marca, escolha o melhor para seu aproveitamento musical. Na Loja Mundomax você encontra diversas flautas, confira!

7 comentários em “Flauta Doce e Flauta Transversal: Qual a diferença?

  • 13/dezembro/2016 em 23:11
    Permalink

    Algumas coisas parecem óbvias, mas com a explicação certa fica tudo esclarecido.
    Parabéns pelo post!

    Resposta
  • 5/Janeiro/2012 em 11:56
    Permalink

    a flauta doce é em pe e é mais facil de tocar e a flauta transversal ela é deitada e e é um pouco mais dificil de tocar

    Resposta
  • 29/setembro/2011 em 18:17
    Permalink

    eu quero saber como é o som da flauta, tipo, fraco, baixo, nao melodioso…!!!

    Resposta
  • 24/Maio/2011 em 18:32
    Permalink

    eu gostaria muito de apreder a tocar flauta e pianoeu acho que seria um bom começo se eu começasse com a flauta doçe…bjs

    Resposta
  • 29/Janeiro/2011 em 12:35
    Permalink

    Não tem um esquema sobre a evolução da flauta??

    Resposta
  • 11/agosto/2010 em 20:13
    Permalink

    tem algum site pra me passar sobre digitação das notos da flauta transvesal

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Flauta Doce e Flauta Transversal: Qual a diferença?