Que instrumentos e equipamentos Rafael Bittencourt utiliza?

Co-fundador e Guitarrista do Angra Rafael Bittencourt é um dos principais nomes da guitarra brasileira, além  de ser multi-instrumentista, compositor, arranjador e produtor musical, formado em composição e regência pela FASM em São Paulo.

Acredito, que todo guitarrista que curte o Bittencourt quer saber que guitarras, violões e equipamentos o músico usa. Recentemente a Musictube, site especializado em Instrumentos Musicais, fez uma entrevista com Rafael Bittencourt, e entre as perguntas estava esta: Que instrumentos e equipamentos você usa atualmente? E que critérios você usa para escolhê-los?

Resposta de Rafael Bittencourt

Primeiramente, gostaria de enfatizar que tenho parceiros e patrocinadores que fazem minha carreira possível. Sem essas parcerias seria muito mais difícil conduzir uma carreira neste estilo de música no Brasil. Eu escolhi guitarras Yamaha por que são muito versáteis. A Fender não faz guitarra estilo Gibson e a Gibson não faz guitarras estilo stratocaster.

A Yamaha faz bem todos os principais tipos de guitarra, sejam stratos, lespauls, teles etc. Uso os violões Yamaha também. Eu visitei as fábricas da Yamaha no Japão e na Indonésia e pude testemunhar o quanto eles levam a sério não apenas a confecção de todos os instrumentos que eles produzem, mas o ensino musical e a importância da música na sociedade. Eu me identifico com a ideologia da empresa além dos excelentes instrumentos.

Quanto aos efeitos, tenho usado uma pedaleira BOSS GT-10, que me agrada muito pela praticidade e multi-funcionalidade. Ela atende a diferentes necessidades. Se eu preciso ligar em linha numa gravação ou ensaio, ela me atende. Se eu preciso ligar num valvulado, excelente. E se eu preciso tocar num transistorizado, também. Ela troca os canais dos amplificadores e torna minha vida mais fácil. Todos os produtos Roland e Boss são de primeira linha. O som dela é formidável.

Uso cordas Giannini que é a maior fabricante de cordas da America Latina, uma das mais antigas e respeitadas fabricantes de instrumentos do Brasil. Tenho orgulho de ver como os fabricantes nacionais têm produtos super competitivos no mercado. De todas as cordas nacionais que eu testei a Giannini foi a que eu mais me identifiquei.

Uso cabos e acessórios Planet Waves. Os cabos são feitos com altíssima tecnologia. Todos os pontos de solda são encapados, livres de oxidação, os plugs são totalmente vedados, livres de oxigênio, evitando interferências, ruídos de estática e baixa capacitância. O que permite que ele transmita o sinal puro, com todo o espectro harmônico mesmo com volumes bem baixos.

Amplificadores, uso sempre os valvulados. Uso vários. Gosto do Egnater, do Groove Tubes, do Mesa Boogie, do Peavey, do Marshall. Todos sabem o quanto os guitarristas são pirados por equipamentos. Eu tenho quatro tipos de aplicações principais para um equipamento: estudo, composição, ensaio e show. Por exemplo, não adianta o cara comprar um amplificador enorme para estudar e não ter um afinador e um metrônomo. É importante o consumidor saber bem qual a real necessidade dele antes de comprar. E os vendedores devem saber instruir o cara para fidelizá-los, a longo prazo, como reais consultores de venda, mais do que vender tudo de mais caro.

Para ver a matéria e a entrevista na íntegra, só dar um pulo no site da Musictube:

http://musictube.com.br/guitarrista-do-angra-rafael-bittencourt-da-entrevista-exclusiva-ao-musictube/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o post? Dê uma mãozinha para nós, compartilhe este brilhante artigo!
Que instrumentos e equipamentos Rafael Bittencourt utiliza?